Fisicamente separados, mas socialmente próximos

Fisicamente separados, mas socialmente próximos

A Aparu está com suas atividades presenciais suspensas até 31 de maio próximo devido às recomendações das autoridades de saúde, visando evitar o contágio do novo coronavírus.  Todavia,  estamos juntos e conectados através de nossas redes sociais: facebook e whatsapp, principlamente.

A maneira pela qual a paisagem social está se adaptando ao contexto do Covid-19 parece um pouco nova e emocionante: com muito amor, solidariedade, bondade e empatia.

Às vezes é difícil ver o lado bom de certas situações, e isso definitivamente parece um daqueles momentos. Mas a verdade é que podemos extrair lições de basicamente tudo e o Covid-19 não é diferente. Como é muito provável que você já esteja no topo de todas as notícias negativas sobre o surto de coronavírus, vamos mudar um pouco a perspectiva e focar no fragmento de esperança e positividade que está emergindo dessa situação.

É assim que Aparu está fazendo, através de ações via whatsapp, facebook e vídeos do youtube, manutenção  atividades com associados, destacando-se  as orientações dos fisioterapeuta, da psicóloga e da assistente social da Aparu neste período de distanciamento físico como prevenção á transmissão do coronavírus.

O mundo está enfrentando um aumento no consumo de mídia em casa, o uso de smartphones aumentou significativamente, o número de transmissões ao vivo no Instagram e no Facebook está subindo rapidamente e o tempo gasto em dispositivos que consomem conteúdo é projetado para aumentar em 50% por família.

Portanto,  estamos mais conectados socialmente do que nunca. E isso pode parecer um pouco estranho, pois a mídia social foi criada com o objetivo exato de conectar pessoas que não são fisicamente próximas. No entanto, aqui estamos, nos perguntando por que nunca entramos em um bate-papo por vídeo com todos os nossos amigos juntos antes.

Conte com o Aparu através de nossos canais nas redes sociais e no WhatsApp que você já tem consigo.


Deixe uma resposta